Pulmões saudáveis ​​e um bom sistema respiratório ajudam a garantir que você permaneça saudável. A má saúde respiratória pode afetar sua qualidade de vida. 

Por esse motivo, é comum que exista a procura de fisioterapia respiratória em Itaim Bibi – ou em outras regiões – ou outros tipos de tratamentos para obter a melhoria da saúde respiratória. 

No entanto, é extremamente importante cuidar da saúde e prevenir que surjam doenças respiratórias. 

É difícil aproveitar a vida quando você está tossindo e chiando, ou ficando sem fôlego subindo um lance de escadas. Felizmente, existem maneiras de melhorar a saúde pulmonar. Continue a leitura e confira as nossas dicas! 

10 dicas de saúde para prevenir doenças respiratórias
10 dicas de saúde para prevenir doenças respiratórias

Como evitar doenças respiratórias

Aqui estão 10 dicas para ajudar a manter seus pulmões saudáveis.

1. Não fume

Esta é uma ótima maneira de melhorar instantaneamente a saúde pulmonar. O tabagismo é a principal causa de Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC). É responsável por 80% de todas as mortes por DPOC. 

No entanto, isso significa que a DPOC é amplamente evitável. Você também deve estar ciente do fato de que fumar não afeta apenas sua saúde pessoal, mas o fumo passivo afeta todos ao seu redor. Se você fuma agora, pergunte ao seu médico sobre maneiras de parar de fumar.

2. Incentive as pessoas ao seu redor a não fumar

Mesmo que você não fume, você ainda pode estar exposto ao fumo passivo. Estar perto da fumaça do tabaco é chamado de fumo involuntário ou fumo passivo. 

Não há como evitar os produtos químicos nocivos dos cigarros se você estiver perto da fumaça do tabaco. O fumo passivo contém exatamente os mesmos produtos químicos tóxicos encontrados nos cigarros.

O fumo passivo é conhecido por causar câncer e pode levar a problemas de saúde respiratória e outras doenças, da mesma forma que o fumo. 

Existem mais de 7.000 produtos químicos identificados na fumaça do tabaco, incluindo o fumo passivo. Incentive amigos e familiares a parar de fumar e evite o fumo passivo.

3. Verifique se há mofo e instale detectores de monóxido de carbono

Existem muitos tipos diferentes de mofo, e todos eles podem causar uma série de problemas de saúde respiratória

O mofo pode crescer onde quer que esteja escuro, frio e úmido. Pode colonizar em ambientes internos e externos, atrás de paredes e em sótãos. Se você perceber que toda a sua família tem problemas respiratórios, considere testar o mofo.

Certifique-se de instalar detectores de monóxido de carbono. Se você já possui detectores, certifique-se de que eles funcionem e verifique-os regularmente. Isso pode ajudar a limitar a exposição da sua família ao monóxido de carbono e ao radônio. 

O monóxido de carbono causa problemas respiratórios, doenças e até a morte. O radônio também causa problemas respiratórios e é a segunda principal causa de câncer de pulmão nos Estados Unidos. 

Nem o radônio nem o monóxido de carbono podem ser vistos, cheirados ou provados, o que significa que um detector em funcionamento é a única maneira de saber que você está seguro.

4. Melhore a qualidade do ar interior da sua casa

Com o escapamento do carro e as chaminés lançando fumaça no ar, você pode pensar que o ar externo é menos limpo do que o ar interno. No entanto, a qualidade do ar interior é geralmente muito pior do que a qualidade do ar exterior. 

Faça o que puder para melhorar o ar em sua casa. Troque os filtros de ar e limpe e aspire regularmente para reduzir poluentes e partículas no ar. Considere adicionar plantas de interior para ajudar a melhorar a qualidade do ar interior.

É especialmente importante melhorar a qualidade do ar dentro de casa à medida que as temperaturas ficam mais frias. As pessoas tendem a passar mais tempo dentro de casa e menos tempo ao ar livre durante o inverno.

5. Aproveite o ar livre

Como o ar é mais limpo ao ar livre do que em ambientes fechados, passe mais tempo ao ar livre. 

Esteja atento à contagem de pólen, no entanto, e fique dentro de casa quando suas alergias estiverem desenfreadas.

6. Pratique exercícios físicos 

O exercício é uma ótima maneira de melhorar a saúde pulmonar. Quanto mais você usar seus pulmões, melhor será sua saúde respiratória. 

Pulmões saudáveis ​​tornam o exercício e a atividade física mais agradáveis, então isso é conhecido como círculo virtuoso – o oposto de um círculo vicioso. 

À medida que você se exercita mais, sua saúde pulmonar melhora e você gosta mais de se exercitar.

7. Faça exercícios de respiração

Você não precisa correr uma maratona para melhorar sua respiração e melhorar sua saúde pulmonar. 

Praticar sua respiração e fazer exercícios respiratórios também pode beneficiar sua saúde respiratória.

8. Hidrate-se

Beber muita água e manter-se hidratado é importante para todos os aspectos da sua saúde, incluindo a saúde respiratória. 

A hidratação adequada é uma ótima maneira de ajudar a manter seus pulmões saudáveis.

9. Mantenha a higiene 

Lave as mãos regularmente para evitar infecções. Lave os lençóis e as fronhas regularmente e substitua os travesseiros a cada 6 a 12 meses.

10. Considere os cuidados respiratórios

Os médicos devem sempre fazer parte de sua estratégia de saúde. Em vez de esperar até ficar doente para visitar o médico, trabalhe com os médicos para manter o bem-estar. 

Conclusão

Agora que você já sabe o que pode fazer para prevenir doenças respiratórias, é importante que coloque nossas dicas em prática para que realmente mantenha a saúde pulmonar. 

Além disso, sempre que possível, fale com um especialista para verificar como estão seus pulmões. 

O que você achou disso?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Compartilhe.
Avatar de Cristina Leroy Silva

Formada em letras pela UNICURITIBA, Cristina Leroy começou trabalhando na biblioteca da faculdade como uma das estagiárias sênior. Trabalhou como revisora numa grande editora em São Paulo, onde cuidava da parte de curadoria de obras que seriam traduzidas/escritas. A 4 Anos decidiu largar e se dedicar a escrever em seu blog e sites especializados.