Bem-estar: Como a alimentação ajuda a prevenir problemas na saúde

Para prevenir problemas na saúde e ter uma maior qualidade de vida, é necessário cuidar do corpo e da mente, principalmente porque tudo o que nos constitui, da cabeça aos pés, estão interligados.

Neste sentido, é necessário e importante compreender o que é a saúde e o bem-estar.

Esses conceitos são bastante complexos e ganham novas formas de entendimento, o que possibilitou também que as pessoas tivessem um olhar mais profundo sobre os cuidados com a saúde.

Um dos componentes de saúde que começaram a ter maior atenção foi a saúde bucal, com a questão de uma melhor escovação e, principalmente, com novos procedimentos, como o clareamento dental preco, trazendo belos resultados e ampliando o bem-estar.

Tanto a saúde do corpo como a bucal estão intrinsecamente ligadas à alimentação e isso acontece pelo fato de que, quando comemos e digerimos os alimentos, temos os nutrientes necessários para uma boa qualidade de vida.

Por isso, neste artigo abordaremos sobre como a alimentação e o cuidado com o que comemos interfere em nossa saúde como um todo, desde a nossa imunidade até mesmo sobre os procedimentos odontológicos que estão em andamento como o implante dental, por exemplo.

Alimentação saudável para uma vida mais equilibrada

A alimentação saudável é uma importante aliada para o corpo, principalmente no combate às chamadas doenças crônicas.

Entretanto, desenvolver uma alimentação saudável não é tarefa fácil, pois é preciso disciplina, tempo e conhecer os alimentos mais adequados para a sua saúde.

Por isso, é recomendado que se procure um nutricionista para desenvolver um plano alimentar especializado.

Contudo, quem não tem condições ou tempo para ir a um nutricionista, adotar alguns componentes que ajudam a ter uma relação mais tranquila com a comida é fundamental – podendo equilibrar mais a refeição.

O principal problema com a alimentação é que não somos ensinados a comer bem, isto é, não há preocupação com o que comemos.

Deste modo, muitas pessoas passam a adolescência e boa parte da vida adulta com uma alimentação desregulada. Além disso, a correria cotidiana favorece a alimentação industrializada e em fast foods, o que é prejudicial.

Por isso, a educação alimentar deve começar com os pais, afinal, não é somente em relação ao peso que problemas de alimentação podem causar, podendo ocorrer amarelamento dos dentes, perda óssea e muitos outros problemas.

Nesses casos, alguns tratamentos podem ser necessários para recuperar uma cor mais natural da dentição, principalmente devido ao aspecto que pode impactar na autoestima do paciente. Exemplo disso é a aplicação das modernas lente de contato dental.

No tópico abaixo abordaremos a função do consumo regular de alimentos saudáveis.

Entendendo a função de uma alimentação mais saudável

Uma alimentação mais saudável é uma dieta que possui em sua composição uma série de insumos como:

  • Proteínas;
  • Gorduras;
  • Vitaminas;
  • Substâncias fortalecedoras.

Esses componentes podem ser consumidos/absorvidos por meio de uma série de alimentos.

As frutas, verduras e vegetais, por exemplo, ajudam o organismo a funcionar da melhor maneira, principalmente porque possuem fitonutrientes que protegem o corpo.

Já os alimentos verdes, como a couve e o brócolis, contém substâncias fortes como a clorofila e o betacaroteno que fortalecem os mecanismos de defesa, o que garante uma maior imunidade.

Já os alimentos que são livres de açúcar, sal e  gorduras previne o desenvolvimento da obesidade, principalmente em crianças. 

Essa boa alimentação, aliada a bons hábitos de saúde, como os exercícios físicos regulares, permitem uma qualidade de vida muito melhor.

Há uma outra dimensão da saúde que os alimentos interferem de maneira direta, que é no cuidado com a boca e os dentes. No tópico abaixo abordaremos essa relação.

Alimentação e saúde bucal

Os dentes e a boca são a porta de entrada para os alimentos e bactérias. Por conta disso, a sua relação é bastante íntima com o funcionamento do organismo.

Assim, qualquer alimento entra em contato com a boca, devido ser escolhidos e higienizados adequadamente para prevenir contaminações.

Alguns alimentos são prejudiciais à boca e aos dentes por permitirem resíduos que servem de alimento para as bactérias da boca e que evoluem para cáries, desenvolvem biofilmes bacterianos e causam até a queda dos dentes.

Entretanto, há alguns alimentos que ajudam no fortalecimento dos dentes, como é o caso do leite que é rico em cálcio. Afinal, as crianças precisam tomar bastante leite para desenvolver uma dentição forte e saudável.

A água é ideal para manter a boca hidratada e garantir que a saliva seja produzida, mantendo os dentes em equilíbrio quanto ao pH.

Existem outros alimentos como castanhas, alimentos ricos em fibras e gengibre que permitem dentes mais bonitos e saudáveis.

Ainda em relação aos cuidados e a alimentação, é preciso manter a higienização da cavidade adequada.

Assim, é possível procurar por “quanto custa um implante dentario” fazendo com que seja possível realizar o tratamento com qualidade, pois a saúde adequada e o fortalecimento promovido pela alimentação contribuem para uma melhor adesão do tratamento.

Assim, entendemos quais são os principais pontos que a alimentação pode interferir na saúde. Assim, quanto mais saudável a forma que comemos, mais fortalecida é a saúde e o sorriso.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Vue Odonto, uma rede especializada em atendimento odontológico com enfoque na humanização.

você pode gostar também