Louis Vuitton foi fundada em 1854 e é uma das grifes de moda de luxo mais antigas do mundo. Esta marca francesa é muito apreciada pelas suas luxuosas malas e bolsas equipadas com lonas tratadas com o logo da marca. Ainda hoje, o monograma LV, mundialmente conhecido, também é uma das características dos produtos.  Mas, se este é um guia para checar a autenticidade de uma Louis Vuitton, qual a importância do monograma da marca? A resposta é simples: esse foi um item desenvolvido, exclusivamente, para impedir a falsificação e permanece até hoje.

Além disso, entender a qualidade da maioria das bolsas é uma boa maneira de evitar as falsificações que você pode encontrar. Por isso, este artigo foi preparado, especialmente, para te ajudar a reconhecer uma Louis Vuitton original. 

1. Verifique a forma, proporção e postura

Quando você compra uma bolsa de luxo, está pagando pela qualidade superior. Ao buscar a autenticidade Louis Vuitton, a aparência do produto é um primeiro passo muito importante, porque você deve saber imediatamente que os desgastes e as partes estranhas de aparência imperfeita são uma grande bandeira vermelha.

As novas Louis Vuittons devem ser perfeitas: a alça deve ser forte e simétrica e a bolsa não deve inclinar. As bolsas Louis Vuitton de segunda mão ainda devem manter a mesma qualidade de quando eram novas, embora possam estar bronzeadas devido ao tempo.

Assim, as peças são muito duráveis ​​e podem manter sua forma e postura rígidas mesmo depois de décadas. Você também deve observar que a postura e o formato da bolsa têm muito a ver com o material de que é feita. 

2. Consulte a qualidade

Como tudo em uma bolsa Louis Vuitton, a costura deve ser impecável. Certifique-se de que os pontos pareçam uniformes e simétricos e não estejam gastos ou feios, já que uma autêntica bolsa Louis Vuitton é costurada à mão e, deste modo, cada ponto deve ter um pequeno ângulo  e não ser completamente reto.

Outra característica importante das bolsas Louis Vuitton autênticas é a cor das costuras, devendo ter uma cor aproximada do amarelo mostarda. Os pontos de produtos falsificados geralmente usam linha sintética amarela ou laranja mais brilhante, que é fácil de detectar. 

3. Verifique a qualidade dos tecidos:

Nas várias bolsas da Louis Vuitton, os materiais e a qualidade da fabricação são muito semelhantes. Conhecer o seu material é uma boa maneira de distinguir uma peça original da falsificada Os materiais mais comumente usados ​​para bolsas Louis Vuitton são os seguintes:

Tela do monograma

A tela com monograma LV é a estética mais conhecida da Louis Vuitton e é um clássico há mais de 100 anos. Este material foi revolucionário na época devido ao seu processamento e durabilidade incomparável.

Os falsificadores costumam usar algum tipo de couro falso e imprimir um monograma nele. Apesar de conter partes de couro, o tecido autêntico da marca é lona. Então, se o material da tela do Monogram parecer couro, é falso. A tela do monograma deve ser rígida e durável, não macia e elástica.

Monograma multicolorido

A edição limitada foi descontinuada e o monograma multicolorido estava originalmente disponível somente até 2003. Assim, as bolsas em monograma multicolorido estão se tornando cada vez mais raras e só podem ser adquiridas no mercado de revenda. E seus preços continuarão subindo com o tempo.

Monograma Damier

Outro estilo de assinatura da Louis Vuitton é a tela Damier, parecida com um “tabuleiro de xadrez”. Você pode encontrar este estilo em Damier Ebene, uma tela marrom e preta, ou Damier Azur, uma tela branca e azul. Você também pode encontrá-lo em outras cores.

O couro de uma Louis Vuitton autêntica também tem um cheiro característico e nunca deve cheirar como qualquer substância química que muitas falsificações costumam cheirar. Comparado com o couro de outros designers, este material é relativamente durável, mas pode sofrer algumas alterações na cor.

4. Verifique o carimbo, o formato e o tamanho da fonte:

Outra característica que a Louis Vuitton mantém consistente em todas as bolsas é o selo. Dentro da bolsa há uma etiqueta de couro com a impressão “Louis Vuitton Paris”. Observe atentamente o formato da fonte, o espaçamento e a qualidade do próprio carimbo, pois esse é um erro comum cometido por falsificadores.

5. Certifique-se de que o código da data está correto:

Desde a década de 1980, a Louis Vuitton tem usado um sistema de código de data para especificar quando e onde suas malas de viagem foram fabricadas. 

A grife usa uma combinação de letras e números para determinar a localização e a hora exata da bolsa – até a semana do ano! Contudo, esse código é facilmente copiado por falsificadores experientes e não deve ser a única prova de autenticidade

Portanto, para comprar uma Louis Vuitton autêntica, é importante levar tudo em consideração e verificar todos os aspectos abordados. 

Se este texto te ajudou na procura de uma bolsa de luxo original, curta e compartilhe!

O que você achou disso?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Compartilhe.
Avatar de Cristina Leroy Silva

Formada em letras pela UNICURITIBA, Cristina Leroy começou trabalhando na biblioteca da faculdade como uma das estagiárias sênior. Trabalhou como revisora numa grande editora em São Paulo, onde cuidava da parte de curadoria de obras que seriam traduzidas/escritas. A 4 Anos decidiu largar e se dedicar a escrever em seu blog e sites especializados.