Descobrir que está grávida com certeza é uma felicidade tremenda, ainda mais para aquelas mulheres que sempre tiveram vontade de serem mães.

No entanto, não há como negar que esse é um processo que pode causar uma certa preocupação, ainda mais no que se refere aos cuidados que se deve ter com o bebê que está por vir.

Afinal de contas, é preciso pensar em montar um quarto, obter os produtos, comprar as roupinhas e várias outras coisas.

Nesse contexto, muitas mulheres se perguntam sobre como montar o enxoval do bebê gastando pouco, e é sobre isso que iremos falar neste artigo!

Como montar o enxoval do bebê gastando pouco?

Há várias dicas que irão lhe ajudar a gastar menos e, ainda assim, conseguir montar todo o enxoval do seu bebê.

Dentre todas as nossas dicas, podemos citar as seguintes:

1. Fazer uma lista de tudo o que precisa

A primeira coisa a se fazer é fazer um planejamento de todas as coisas que vai precisar. Nessa etapa, você deve priorizar pelas coisas que são mais importantes.

Ao fazer essa lista, você pode ir comprando as coisas aos poucos, evitando que pese tanto o seu orçamento.

À medida que for comprando, é só ir riscando da sua lista. Dessa forma, melhora a sua organização e você já tem maior noção das coisas que já tem, evitando comprar itens repetidos.

Se for a sua primeira gravidez, a dica é pedir ajuda para outras mães. Certamente elas irão lhe falar o que é ou não prioritário.

2. Pesquisar preços

Não existe forma de falar sobre como montar o enxoval do bebê gastando pouco sem citar a necessidade de pesquisar preços.

Graças a internet, esse é um processo que vem se tornando cada vez mais fácil, haja vista que há diversas opções de lojas online.

Além disso, hoje em dia o mercado para bebês é gigantesco, onde se torna possível encontrar opções de lojas e sites distintos.

Você pode decidir comprar todo o enxoval infantil da marca Dorotéia Baby, Carters, Old Navy etc. Como esse é um mercado em expansão, o que não faltam são opções.

Dicas para montar o enxoval
Dicas para montar o enxoval

3. Comprar o enxoval do bebê no exterior

É verdade que, com a alta do dólar, muitas pessoas podem achar que não vale mais a pena comprar algo do exterior, mas não é exatamente dessa forma.

A depender da quantidade de coisas que você pretende adquirir para o seu enxoval, pode ser que a economia seja muito maior caso opte por comprar de alguma loja fora do Brasil.

Além disso, se você tem alguma viagem marcada para fora, que tal aproveitar e analisar a chance de comprar algo para o seu bebê?

Uma coisa bem interessante é que há diversos sites do exterior que colocam o valor em real, o que facilita bastante para saber se vale ou não a pena.

4. Reaproveitar itens de amigos e familiares

A verdade é que os bebês costumam perder as coisas muito rápido e, além disso, há roupas que sequer dá tempo de usar, devido ao fato deles crescerem muito rápido.

Então, se alguém da sua família ou algum amigo se tornou pai recentemente, que tal reaproveitar algum item que esteja em bom estado?

Seja cadeirinha para carro, roupas ou até o próprio carrinho.

5. Fazer um planejamento mês a mês

Outra forma de como montar o enxoval do bebê gastando pouco é fazendo um planejamento para cada mês. Afinal ao fazer parte do universo das mães, também será necessário replanejar-se financeiramente.

Nesse caso, a cada mês que passa você compra alguma coisa e, ao final, terá praticamente o seu enxoval completo.

Outra dica é você ter em mente o que o bebê irá precisar com o passar dos meses e, assim, já ir se antecipando.

6. Prestar atenção para qual estação está previsto o nascimento do bebê

Muitos pais não se atentam nisso, mas é preciso ter como base a estação do ano em que o bebê irá nascer para poder começar a montar a lista.

Caso ele vá nascer no verão, não será necessário comprar tantos casacos de lã ou mantas, por exemplo.

Isso vai lhe ajudar bastante a não comprar peças que o bebê não vai usar, evitando também que você tenha de gastar com itens que não são necessários.

7. Saiba escolher o que é realmente necessário

Devido a emoção de serem pais, é bem normal se encantar com alguns produtos, mas a verdade é que nem todos eles são úteis.

Por isso, antes de comprar qualquer coisa, avalie se de fato se trata de algo necessário e útil para o bem-estar e o dia a dia do bebê.

Opte por produtos que verdadeiramente são essenciais, como é o caso de macacões, calças, meias, bodies de malhas etc.

FAQs – Perguntas Frequentes

Quando devo começar a montar o enxoval do bebê?

O ideal é começar a montar o enxoval do bebê a partir do sexto mês de gestação, para evitar deixar tudo para a última hora.

O que é essencial incluir no enxoval do bebê?

O enxoval do bebê deve incluir itens essenciais como fraldas descartáveis ou de pano, roupas confortáveis e práticas, mamadeiras e chupetas (caso necessário), berço ou moisés, banheira, toalhas de banho, produtos de higiene (como fraldas, lenços umedecidos, pomadas para assaduras), entre outros.

Como escolher as peças do enxoval do bebê?

É importante escolher peças confortáveis e práticas, que facilitem a rotina dos pais e proporcionem conforto e segurança para o bebê.

Além disso, é importante levar em consideração o clima da região e a estação do ano, escolhendo peças adequadas para cada época.

O que você achou disso?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Compartilhe.
Avatar de Cristina Leroy Silva

Formada em letras pela UNICURITIBA, Cristina Leroy começou trabalhando na biblioteca da faculdade como uma das estagiárias sênior. Trabalhou como revisora numa grande editora em São Paulo, onde cuidava da parte de curadoria de obras que seriam traduzidas/escritas. A 4 Anos decidiu largar e se dedicar a escrever em seu blog e sites especializados.