Como escolher o lustre ideal para seu novo apartamento?

Depois de enfim encontrar o apartamento ideal junto à imobiliária, uma das horas mais esperadas é a escolha da decoração. Afinal, além de personalizar os ambientes, ela é responsável por promover beleza, conforto, praticidade e, consequentemente, maior qualidade de vida aos moradores. Nesse sentido, um detalhe que merece atenção é o lustre, visto que se destaca em meio à decoração, além de deixar os espaços mais aconchegantes e sofisticados. 

No entanto, sabemos que não é tão simples escolher o ideal. Então, pensando em te ajudar, preparamos o post de hoje com algumas dicas para o lustre de seu novo apartamento. Vamos lá?

1. Avalie todo o ambiente

A fim de garantir uma decoração harmoniosa e sofisticada, é fundamental analisar todo o contexto do ambiente que pretende instalar o lustre. Isso porque, a peça pode ser incrível em um projeto, mas quando colocada no espaço com outro estilo pode perder seu valor. Sendo assim, se já existem outros elementos de impacto no local, um lustre menos chamativo será a pedida ideal. Por outro lado, se as outras peças são mais minimalistas, um lustre escultural irá se destacar e impressionar. 

2. Considere o formato do local

Outro ponto importante para escolher o lustre de seu novo apartamento é avaliar o formato do ambiente, pois assim a peça escolhida irá se encaixar tanto na decoração como no espaço em si. Por exemplo, em lugares mais estreitos, um lustre linear é ideal, pois valoriza as proporções espaciais, seja dos corredores ou banheiros. 

3. Pense no comprimento

A altura do lustre irá depender do que estiver ao redor no ambiente. Portanto, se a peça estiver no centro de um espaço aberto, como sala ou hall, fique embaixo do local em que ele será instalado e meça um espaço de, no mínimo, 30,5 centímetros entre o ponto mais baixo e sua cabeça. Outra opção utilizar a medida mínima de 2,13 metros de distância a partir do chão. 

Por outro lado, se o lustre ficar acima de uma mesa, a altura mínima será de 91 centímetros entre o tampo do móvel e a peça. 

4. Escolha o diâmetro adequado

Em relação ao diâmetro, é importante que ele fique proporcional ao espaço em que será colocado, ou seja, nem muito grande e nem muito pequeno. Então para facilitar a medição correta, existem duas regras que podem ser utilizadas. A primeira é adicionar o comprimento e a largura do cômodo e converter o valor para centímetros, sendo esse o diâmetro ideal. Agora, caso ele fique acima de uma mesa, o mais indicado é que tenha entre 30,5 e 38 centímetros. 

5. Observe o tipo de ambiente

É importante deixar claro que o tipo de ambiente não deve limitar o uso do lustre. Por exemplo, muitos acreditam que espaços como lavanderias, salas de armazenamento e garagens não combinam com essa peça. No entanto, vale lembrar que o lustre confere personalidade e sofisticação, podendo ser usado em diferentes ambientes, desde que seja bem planejado. Confira abaixo dois cômodos ainda mais interessantes para utilizar o lustre: 

Sala de Jantar

O ideal para esse tipo de ambiente é um lustre sofisticado e que chame a atenção. Os modelos clássicos lembram um candelabro de cristal, com diversas ramificações e ideais para ambientes de luxo. Os rústicos, ao contrário do que se pensa, também podem ser utilizados com sofisticação, basta combinar com os elementos certos. Por outro lado, lustres modernos deixam a lâmpada exposta, com estrutura simples, mas sem deixar a elegância de lado. 

Sala de TV

Já quando falamos em sala de TV, o ideal é que o lustre seja mais simples para não competir com o aparelho. No entanto, isso não significa que ele seja menos charmoso ou sofisticado. Existem diversos modelos disponíveis no mercado e você pode escolher aquele que mais se encaixar em suas preferências e estilo. Além disso, opte sempre por lâmpadas amarelas, a fim de promover elegância e aconchego no ambiente. 

6. Lustre sob medida

Para quem tem um gosto bastante diferenciado e não abre mão de um toque de ousadia no décor, existe a opção de solicitar um lustre com design sob medida. Dessa forma, você garante uma peça realmente assinada e única para complementar a decoração de seu novo lar. Mas, lembre-se de considerar o estilo de todo o ambiente para garantir harmonia, sofisticação e elegância. 

Então, com as dicas do post de hoje temos certeza que você será capaz de escolher o lustre de seu apartamento com maior facilidade. No entanto, uma boa dica para te ajudar ainda mais é contar com a ajuda de profissionais especializados, como o arquiteto ou designer de interiores. Afinal, por serem especialistas irão garantir maior agilidade, economia de tempo e total sofisticação e elegância. Dessa forma, você terá um projeto totalmente personalizado e adequado para suas necessidades, preferências e perfil.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.